NOTA DE REPÚDIO AO RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS DAS ESCOLAS PARTICULARES

O SINTENP lamenta profundamente o total descaso e falta de respeito a vida e, acima de tudo, o descumprimento quanto a recomendação de distanciamento e isolamento social, quando escolas particulares marcam e determinam reuniões, encontros pedagógicos e aula de forma presencial.


Entendemos essa prática como genocida, negacionista e desumana. Sabemos que aquele(a) que se negar será sumariamente demitido(a), pois a lógica do lucro mais uma vez vence a vida. Lamentamos a posição do Prefeito Bruno Cunha Lima, que ao se posicionar a favor dessa ação, ferindo um direito inalienável que é a vida, ousou mentir, afirmando que se encontrou com o nosso sindicato para esse retorno das aulas presenciais.


Não se deu por satisfeito em suas inverdades, ainda alegou que professores e professoras, funcionários e funcionárias de todas as escolas estão sendo testados(as). Como esclarecimento a essa fala, queremos dizer que o SINTENP em nenhum momento foi convidado para conversa, pelo contrário, na gestão anterior, suplicamos uma conversa com o então prefeito Romero Rodrigues, que como resposta nos fechou os portões da prefeitura rejeitando a presença da categoria no seu gabinete.


Não acreditamos numa volta segura, pois atualmente a Paraíba passa de 4 mil mortes por COVID. Sabemos que grandes cidades do Brasil, elevaram os casos de COVID após reabertura de escolas, como é o caso de Manaus e São Paulo. Diante disso estamos certos de que a reabertura é precipitada e colocará várias famílias em risco de morte.


Sendo assim, solicitamos aos pais e responsáveis que não encaminhem os seus filhos(as) caso as escolas insistam no retorno das aulas presenciais.


O SINTENP É CONTRÁRIO AO RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS.

O SINTENP DEFENDE A VIDA!


Por nenhum direito a menos, SINTENP na luta sempre.


A Diretoria.